Actualidade

Nota de Pesar pelo falecimento de João Gomes Esteves

É com profunda consternação que a APIFARMA – Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica comunica o falecimento de João Gomes Esteves, Presidente Emérito desta associação.

Actualidade

Nota de Pesar pelo falecimento de João Gomes Esteves

É com profunda consternação que a APIFARMA – Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica comunica o falecimento de João Gomes Esteves, Presidente Emérito desta associação.

É com profunda consternação que a APIFARMA – Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica comunica o falecimento de João Gomes Esteves, Presidente Emérito desta associação.

 

A APIFARMA endereça as mais sentidas condolências à família, aos amigos e a todos os que se cruzaram com João Gomes Esteves.

 

João Gomes Esteves possui um percurso de vida ímpar. Médico Veterinário, licenciado pela Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, iniciou a sua carreira profissional como Assistente desta Faculdade.

 

Trabalhou no Grupo Merck Sharp & Dome onde desempenhou funções nacionais, como Presidente do Grupo e também internacionais.

 

Foi Presidente da Direcção da APIFARMA cerca de 12 anos – de 1992 a 1993, de 1998 a 1999, de 2000 a 2002, e de 2003 a 2006 – e Presidente da Mesa da Assembleia Geral de 2007 a 2021.

 

Integrou as Direções das Associações Internacionais da Indústria Farmacêutica, da EFPIA – European Federation of Pharmaceutical Industries Associations e da IFPMA – Internacional Federation of Pharmaceutical Manufactures & Associations.

 

A sua vasta intervenção na vida Associativa, não se esgota na área da Indústria Farmacêutica distribuindo-se por diversas Instituições de âmbito profissional, de solidariedade, empresariais, universitárias e científicas.

 

Foi 1.º Vice-Presidente da CIP – Confederação Empresarial de Portugal e Vice-Presidente do Conselho Geral da AIP-CCI – Associação Industrial Portuguesa – Câmara de Comércio e Indústria. João Gomes Esteves conduziu aos entendimentos que permitiram, após mais de duas décadas de tentativas goradas para constituição de uma cúpula do associativismo empresarial, assinar em Junho de 2010 um acordo entre a AEP – Associação Empresarial de Portugal, a AIP-CE – Associação Industrial Portuguesa – Confederação Empresarial e a CIP – Confederação da Indústria Portuguesa, resultando na constituição da CIP – Confederação Empresarial de Portugal, tendo sido o Presidente da sua Comissão Instaladora.

 

Posteriormente presidiu à Mesa da Assembleia Geral da CIP – Confederação Empresarial de Portugal. Nesta qualidade representou a CIP/CEP, entre 2001 e 2014, junto da Business Europe – Confederação Europeia das Federações Empresariais.

 

Foi membro do Conselho-Geral do Instituto de Higiene e Medicina Tropical – Universidade Nova de Lisboa.

 

Foi Presidente da Mesa da Assembleia Geral da Ordem dos Médicos Veterinários.

 

Integrou o Conselho de Administração da Fundação AFID DIFERENÇA – Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa Deficiente.

 

Foi membro da Associação Niza Viva, fundador e dinamizador da primeira fundação na área da indústria farmacêutica em Portugal, a Fundação Merck Sharp & Dohme, e membro do conselho geral da Fundação Portuguesa de Cardiologia. Foi Vice-Presidente e Curador da Fundação AIP.

 

Presidiu à Mesa da Assembleia Geral da Valormed.

 

Foi membro do Conselho Geral da Universidade Técnica de Lisboa. Foi membro do Conselho de Escola da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa e Presidiu à Mesa da Assembleia Geral da Associação dos Antigos Alunos da mesma faculdade.

 

A importância que sempre conferiu à formação empresarial especializada e contínua levou-o a ser bolseiro da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económicos (OCDE) e a cursar, mais tarde, no INSEAD-Fontainebleau, na AESE (Lisboa), em Oxford (Reino Unido), e em Columbia (EUA).

 

Foi distinguido, em 2005, com a Medalha de Prata do Ministério da Saúde.

 

Foi agraciado com a Comenda da Ordem de Mérito, pelo Presidente da República, em 2006.

 

Recebeu a Medalha de Ouro da AIP em 2008.

 

A 7 de Abril de 2015, no Dia Mundial da Saúde, foi distinguido com a Medalha de Ouro do Ministério da Saúde.

 

Neste doloroso momento, perdura a certeza que o legado de João Gomes Esteves jamais se extinguirá com a sua partida.

 

O pendor inato de João Gomes Esteves para aproximar e reunir em seu redor pessoas de diferentes interesses e diversas origens, a energia que sempre empregou na defesa coletiva de pontos de vista comuns e a aposta no trabalho conjunto, lograram conceder enorme dimensão a todos os projetos nos quais se envolveu, e no caso da APIFARMA com amplos e evidentes avanços e conquistas institucionais.

 

João Gomes Esteves desempenhou com grande competência e empenho um papel da maior importância na criação de pontes entre a Indústria Farmacêutica e a tutela da Saúde, processo que possibilitou a assinatura do primeiro acordo para a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Foi um obreiro e um defensor da cooperação, da colaboração e da criação de sinergias entre todos os agentes que dão vida ao universo da Saúde.

 

A APIFARMA presta a mais sentida homenagem a João Gomes Esteves pela sua dimensão humana e curva-se perante a integridade e honestidade com que sempre pautou a sua vida, princípios que nunca abandonou ao longo do seu percurso profissional, pessoal e associativo.

Associados Apifarma

A APIFARMA tem 115 empresas associadas. Consulte a lista.

Ver listagem de associados

Fale connosco

Tem alguma questão sobre o nosso site, serviços e áreas de intervenção?

Contacte-nos